Arquitretas – Como escolher lâmpadas

Arquitretas – Como escolher lâmpadas

Olá! Sou o Daniel Carvalho, arquiteto, e vim tirar algumas dúvidas muito comuns, relacionadas à iluminação.

Primeiramente, vou comentar tudo sobre lâmpadas: tipos, usos apropriados e custo-benefício. Sabem todas aquelas especificações técnicas que não fazem nenhum sentido? Vou explicar, também!

O objetivo é que vocês não tenham mais nenhuma dúvida na hora de escolherem qual a melhor iluminação para cada ambiente. Vamos lá?

TIPOS DE LÂMPADAS

LÂMPADAS INCANDESCENTES

Custo: $
Gasto de energia: 80% maior que as fluorescentes, além de transmitirem muito calor.
Duração: 750 horas

O que isso significa?
Consomem muita energia, emitem pouca luz e têm vida útil muito curta. O seu uso é coisa do passado!

LÂMPADAS FLUORESCENTES

Custo: $$
Gasto de energia: 80% de economia em relação à incandescente
Duração: 8.000 horas

O que isso significa?
Possuem um melhor aproveitamento de energia, mas ainda há bastante desperdício. Continuam sendo bastante utilizadas por possuírem um valor de mercado melhor.

LÂMPADAS LED

Custo: $$$
Gasto de energia: 95% de sua energia vira luz e apenas 5% vira calor.
Duração: se for de uma marca de qualidade, não terá que substitui-la nessa encarnação.

O que isso significa?
Não gera calor e, praticamente, toda a energia vira luz. Apresenta a melhor eficiência dentre os tipos de lâmpadas comentados aqui! Apesar dos preços mais elevados, eu recomendo.

Estes são os três tipos de lâmpadas mais difundidos para o uso doméstico.
Agora, vamos falar de outros parâmetros técnicos que irão influenciar o local de instalação de cada lâmpada.

TEMPERATURA DE COR

Este é um dos itens mais importantes para se levar em conta na hora de ambientar seu cafofo!

A temperatura de cor é medida em K (Kelvin). Essa normalmente é uma informação que tem destaque na embalagem. Para cores amarelas, ela varia entre 2.700K – 3.100K. Para cores brancas, aproximadamente, 6.500K.

Mas como saber quando utilizar lâmpadas de luz amarela ou luz branca?

As lâmpadas de cor amarela ou mais quentes tornam os ambientes bem aconchegantes e propiciam o relaxamento. Assim, são adequados para salas de estar e jantar, quartos, área gourmet e, até mesmo, lavabos para fins decorativos. Em ambientes comerciais, são utilizadas em bistrôs, hamburguerias e restaurantes intimistas.

As lâmpadas de cor branca ou mais frias são mais estimulantes. Os ambientes adequados para elas são o home-office, cozinha, área de serviço e banheiros. Também, é a mais recomendada para ambientes de trabalho em escritórios e na indústria. São muito utilizadas em fast-foods ou negócio que trabalha com alta rotatividade de pessoas, podem reparar! Assim, você come e não se sente à vontade de ficar muito tempo no espaço e acaba dando lugar para outra pessoa chegar e se acomodar.

ÍNDICE DE REPRODUÇÃO DE COR (IRC)

É uma escala medida de 0 a 100, sendo 100 o maior valor – considerado como a luz do sol ao meio-dia e céu sem nuvens. Para iluminação artificial, qualquer valor acima de 70 já é considerado alto.

Índices elevados são indicados para locais onde é necessário ter precisão e cuidado como, por exemplo, a bancada da cozinha onde há manuseio e corte de alimentos.

TENSÃO

Medida em V (Volts) e está relacionada a alimentação da lâmpada. Pode ser de 110V ou 220V.

POTÊNCIA

Medida em W (Watts) e indica o consumo de energia. Quanto maior a potência, maior vai ser sua conta de luz no final do mês. Esse é o fator que justifica a economia de longo prazo na compra de lâmpadas de LED e fluorescentes, ao invés das incandescentes. Elas possuem potências mais baixas e maior eficiência energética.

FLUXO LUMINOSO

Medido em LM (Lúmens), é a quantidade de luz total emitida em todas as direções por uma fonte luminosa. É esse índice que diz o quanto uma lâmpada ilumina. Essa informação está presente na embalagem da lâmpada, onde temos alguns comparativos que indicam que a lâmpada em questão ilumina tanto quanto uma de outro tipo.

Bem, por essa semana é só, pessoal! Espero ter ajudado vocês.

Um abraço e até a próxima!

Para quem quiser conhecer um pouco mais do meu trabalho, segue o endereço do meu site e redes sociais:

Daniel Carvalho, Arquiteto
Site: www.danielcarvalhoarq.com
Instagram:
www.instagram.com/danielcarvalhoarquiteto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Youtube

Pinterest


Facebook